RocknGirl Series: Debbie Harry

Trazer gente que inspira – e não só a nossa posição na Saloon 33, mas gerações inteiras – é uma tarefa fácil. Ainda mais quando se tem tantas mulheres incríveis, construindo conceitos e, ao mesmo tempo, quebrando paradigmas com o passar do tempo. Um bom exemplo disso é a Debbie Harry. <3

Antes de fazer sucesso, ela trabalhou como garçonete (servindo o pessoal do Jefferson Airplanes!), foi secretária na rádio BBC, go-go dancer em uma discoteca de New Jersey e até coelhinha da Playboy.

Depois de tantos empregos alternativos, Debbie virou um grande símbolo de força e rock ‘n roll.

Além de marcar época com o Blondie, fundado com seu parceiro de vários projetos e anos de trabalho, Chris Stein, e de construir uma importante carreira solo nos anos 80, Debbie usou seu talento em mais de 30 filmes. Multitasking – trabalhamos.

Em 1999, ela ocupou a 12ª posição no ranking “VH1’s 100 Greatest Women on Rock & Roll”, e a 18ª no “VH1’s 100 Sexiest Artists”.

Parcerias com Andy Warhol, Iggy Pop, além de apresentações com Television, Ramones e outras tantas bandas na época de Max’s Kansas City fizeram parte de uma carreira duradoura e cheia de sucessos ao redor do mundo.

E hoje, aos 70 anos, Debbie ainda se mostra interessada em manter a atitude e preserva a importância de não ficar parada. De acordo com ela, “se você se mantém criativo, interessado e aberto para novas coisas, não vai estagnar. Novas influências aparecem o tempo todo e muitas pessoas escolhem viver em um mundo só, permanecendo confortável. Isso pode ser desastroso”. Inspirador, né? Ainda bem que temos um exemplo vivo como este, para nunca desistir de criar coisas novas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *